sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Uma obra de arte para o fim de semana...

A rever um daqueles filmes de Visconti que nos deixam espantados: Vaghe Stelle dell'Orse, de 1965... que bela obra.

Eis um site com um artigo muito interessante sobre o filme:
http://alsolikelife.com/shooting/2008/11/936-77-vaghe-stelle-dellorsa-sandra-of-a-thousand-delights-1965-luchino-visconti/



Wagnerianos em terras da Península

Quase não tenho tempo de aparecer.
Mas a imagem que apareceu na Associação Wagneriana da Galiza deu-me vontade de reaparecer.
É uma evocação realmente tradicional, mas chama sempre a atenção: o castelo, o cavaleiro e o cálice e o imaginário medieval deixa-se logo levar... viva a Associação Wagneriana da Galiza!
Eis o blogue: http://awagnergal.blogspot.com.es/p/a-tenda-de-cosima.html

quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

Wagner e a questão judaica

Eis um artigo do The Wagnerian que lança mais argumentos para a polémica em torno da questão do anti-semitismo de Wagner....


Bernd Weikl: Why Richard Wagner needs to be banned in Germany

Written By The Wagnerian on Thursday, 21 August 2014 | 12:49:00 am- See more at: http://www.the-wagnerian.com/2014/08/bernd-weikl-why-richard-wagner-needs-to.html#sthash.sfNSKwHl.dpuf

Disponível em: http://www.the-wagnerian.com/2014/08/bernd-weikl-why-richard-wagner-needs-to.html 

quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Lugares de Richard Wagner em Veneza

Quanto a lugares wagnerianos em Veneza, eis três bem famosos...

Wagner Museum. Wagner stayed in Vendramin Palace (today: Casino) in the last year of his life, and died here on February 13, 1883. His apartment is a museum today with some extremely interesting Wagner memorabilia. The museum can only be visited with a reservation, and Dr. Nelson knows the guides very well.

O fabuloso...
Giustinian Palace. Wagner lived in Giustinian Palace when he was working on the second act of Tristan und Isolde. Some believe that the romance of Venice was inspiration for Wagner. The building is closed to the public, but can be seen from everyvaporetto that goes down the Grand Canal.

E finalmente...

Lavena Cafe. On the Piazza San Marco, the very center of Venice, is Lavena Cafe which was a favorite spot for Wagner to have a cup of coffee. On  the wall across from the counter is an elegant wood carving depicting the composer’s frequent visits.

Lugares de Richard Wagner em Viena

Regresso a lugares de Richard Wagner...
Começo por Viena e três lugares bem wagnerianos...

Hotel Royal. Right in the center of Vienna, within a few meters of St. Stephen’s Cathedral, is the Hotel Royal. In the lobby is the piano Wagner used when he composed Die Meistersinger von Nürnberg. He was living on Hadikgasse (Vienna’s 14th district) at the time. The instrument was later given to the manager of the hotel.


Hadikgasse 72. Wagner lived here in 1883 and 1884 when he was in Vienna finishing Die Meistersinger von Nürnberg. This lovely house is about a fifteen-minute walk from Schönbrunn Palace. Wagner met Brahms in this house.


Hotel Imperial. This five-star hotel, on Ringstrasse and next to the Musikverein, is one of Vienna’s most opulent. Wagner and his family stayed here in 1875 as Tannhäuser was being rehearsed at the Vienna Court Opera.

Informação obtida em: http://inmozartsfootsteps.com/richard-wagner/

quarta-feira, 23 de Julho de 2014

Festival de Bayreuth - 2014... a chegar...




BAYREUTH - 2014

Para ouvir on line:

http://www.the-wagnerian.com/2014/07/where-to-listen-to-bayrueth-2014-free.html

E aqui o link para o programa do Festival:

http://www.bayreuther-festspiele.de/english/programme_157.html

Cinema Português em Movimento - Um projeto a conhecer...





É um spot publicitário, mas gosto muito desta iniciativa. Hoje, por exemplo, há cinema em Borba...

http://www.cinemaemmovimento.ica-ip.pt/


sábado, 26 de Abril de 2014

Notas sobre Os Pássaros, de Alfred Hitchcock




O filme Os Pássaros é sobre a criação de laços emocionais numa família, e os ataques sucessivos de pássaros representam projeções das emoções e conflitos  negativos e inconscientes entre as personagens do filme. 
Rob Ager descreveu na perfeição o assunto. 
Melanie, de personalidade descomprometida e superficial, querendo manter-se livre como um passarinho, interessa-se por Mitch. Vem da cidade para o mundinho rural de Bodega Bay para se aproximar de Mitch. Torna-se vítima de si própria  porque teme e não quer assumir um verdadeiro compromisso emocional, e porque vai enfrentar uma comunidade que a vai hostilizar e responsabilizar pelos males que se abatem sobre Bodega.
O primeiro ataque de um pássaro a Melanie resulta da emoção negativa (o ciúme) de Annie (ex-amante de Mitch) em relação a Melanie (ela pressente que Melanie lhe vai roubar Mitch). 
O segundo ataque, a gaivota morta à porta de Annie, reforça simbolicamente a emoção desta contra Melanie, ao perceber que se está a aprofundar a relação entre Mitch e Melanie. O terceiro ataque, primeiro ataque às crianças (primeiras vítimas das frustrações dos adultos), resulta da frustação concertada entre os sentimentos de Lydia, a mãe de Mitch (não suporta ficar só e não se quer ver privada do filho substituto do pai) e de Annie (que se sente a perder Mitch).
Na casa dos Brenner ocorrem os dois acontecimentos seguintes: a manifestação das lovebirds, indiciando a aproximação de Mitch e Melanie ( que Lydia não aceita) e o repentino ataque pela chaminé, evidenciando os ciúmes de Lydia.  
O sexto ataque (de uma gaivota a um vizinho, matando-o) mostra que a perda de Lydia se consumou, embora ela não o queira aceitar: a morte do marido e a tomada progressiva de consciência de que está só.  Nessa sequência, Lydia abre-se com Melanie e parece começar a aceitá-la melhor, enquanto Melanie e Mitch se aproximam ainda mais. O quinto ataque é o resultado da agressiva resposta emocional de Annie ao entender que perdeu Mitch em definitivo e o seu desespero despoleta a agressão. As gaivotas atacam impiedosamente as crianças, Melanie e a própria Annie à saída da escola.
O sétimo ataque é brutal, ocorre na vila, e Mitch e Melanie enfrentam depois uma comunidade de mulheres que culpam Melanie de todo o mal (tal como lhes roubou Mitch, ela pode roubar-lhes os homens), numa forte reação coletiva. O oitavo ataque leva à morte de Annie (suicídio por desespero?)
Finalmente, é na própria casa de Mitch ( gaiola) que as relações entre personagens se irão consumar e Melanie terá de enfrentar os seus próprios medos e expor-se à realidade do mundo exterior que se lhe oferece para lá da sua vivência de menina mimada da cidade. As aves irão simbolicamente atacar toda a casa, simbolizando o sofrimento que a vida real pode causar aos que se lhe entregam e se deixam comprometer. Melanie é atacada e é Mitch que a salva, agora com a conivência de Lydia, que também a ajuda. 
Construíram-se finalmente as bases de uma nova relação familiar e Melanie foi integrada. Lydia aceita que o filho construa a sua própria família e aceita Melanie. Mitch assume o seu duplo papel de substituto do pai e de parceiro de Melanie. 
Por isso, no final do filme, as aves já não atacam e a família sai da casa em paz.


quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Uma litogravura de 1939...

Eis uma belíssima litogravura de 1939, época perigosa para representar estas mitologias. Enfim, não consegui apurar quem é o autor...


O simbolismo ao serviço do wagnerismo...

Mais uma belíssima representação do simbolista  Bussiere...



"Brynhild" (1897)

O divino Peter Hofmann em Lohengrin...

Absolutamente Viscontiano, Peter Hofmann em Lohengrin...

Richard Wagner e as Ilustrações de Charles Robinson

Representação de cena de O Anel do Nibelungo, O Ouro do Reno, 1905. Ilustração de Charles Robinson.